Veja aqui as notícias relacionados a ABOP-RS:

 

16/Ago
Apresentação da nova Diretoria da ABOP-RS - Biênio 2011-2013

 

O novo Presidente da ABOP-RS para o biênio 2011-2013, Antônio Carlos Ferreira Kehrwald, fez seu primeiro pronunciamento durante a solenidade de posse no Auditório da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado, apresentando as linhas gerais do que pretende realizar em sua atuação no comando da associação. Destacou que a ABOP-RS está completando em 2011, aproximadamente 40 anos de existência tendo realizado neste período inúmeros eventos e trabalhos de relevância técnica, notadamente em prol do aperfeiçoamento das questões relacionadas com o orçamento público. Conforme esclareceu, a importância de se discutir a matéria, não está restrita apenas a importância da fase de planejamento, mas sim, em avaliar profundamente o desdobramento da sua execução e controle que perpassa por diversas instituições, tais como, o Executivo, a Assembléia Legislativa, o Ministério Público, o Poder Judiciário e o Tribunal de Contas. Manifestou, ainda, que a associação, além da sua estrutura organizacional, é composta essencialmente por pessoas - no caso, servidores públicos das mais diferentes instituições – e que se traduz em atividades, impulsionadas pelo compromisso e o interesse presente em seus corações. Neste sentido, assinalou que uma das suas principais metas é ampliação do quadro de associados. Ele ressaltou, também, a participação dos colegas que já exerceram a Presidência da ABOP-RS, Edison Imar Oliveira Mello, José Carlos Garcia de Mello, Vera Inêz Salgueiro Lermen, Ilmo José Wilges, Nilo João Fantinelli, Jose Luiz Araújo, dentre outros, registrando que “será mais do que um Presidente, um soldado ” à disposição dos associados.
Seu antecessor, Edison Imar Oliveira Mello, em sua fala enfatizou a participação da ABOP-RS na discussão do recente projeto denominado de "Lei de Qualidade Fiscal", ainda em discussão no Congresso Nacional. Salientou que na ocasião, a ABOP-RS apresentou-se como entidade participativa e ativa no debate formulando inúmeras sugestões para o aperfeiçoamento do referido dispositivo. Enalteceu o apoio e a participação dos associados na condução das ações durante a sua gestão, destacando que o quadro de associados é da mais alta qualificação. Mencionou, ainda, a relevante participação dos associados institucionais, tais como, a Secretaria da Fazenda/Cage, Secretaria do Planejamento/Seplag, Assembléia Legislativa, o Ministério Público, o Poder Judiciário e o Tribunal de Contas. Desejou a mais profícua administração ao novo Presidente, transmitindo votos de muito sucesso e saúde, já que “competência técnica pessoal” não é um problema, conforme afirmou.